Assine

Veterinário está presente no dia a dia das pessoas em vários ângulos

Profissional possui inúmeras opções de carreira dentro da profissão

Atuando pela saúde e pelo bem-estar dos animais, dos seres humanos e pela sustentabilidade do meio ambiente, eles são responsáveis por cuidar de pacientes que não podem expressar seus sintomas por meio da fala, o que requer muita sensibilidade e sabedoria. Mas esse dom não é o único que o profissional de Medicina Veterinária possui. 

Com o Dia do Médico Veterinário se aproximando, conheça algumas das ocupações em que você pode encontrar estes profissionais (dentre as mais de 80 opções): 

Estágio. Obrigatório durante o curso de graduação, é o momento em que o estudante tem a oportunidade de adquirir conhecimento e vivência da profissão, acompanhando de perto o trabalho de um profissional qualificado. 

Clínica de pequenos animais. Com o número de pets aumentando, também cresce a procura pelo médico-veterinário especialista em pequenos animais. “O Brasil soma mais de 15 mil clínicas veterinárias, mas ainda há espaço para a conscientização dos tutores sobre a importância de um acompanhamento para a saúde e bem-estar dos pets”, conta a diretora de Marketing da Royal Canin Brasil (Descalvado/SP), Gláucia Gigli. 

opcaolaboratorio
Laboratório é uma das opções aos veterinários, que podem
realizar diagnóstico de doenças a partir de amostras
coletadas dos pacientes (Foto: reprodução)

Indústria. Uma área ampla e em constante expansão, onde pode atuar em diversos setores das empresas, desde a formulação até a comunicação e o marketing de produtos. “Exemplo disso é a Royal Canin, que emprega mais de 500 veterinários no mundo, incluindo parte deles no Brasil”, cita. 

É o caso da veterinária coordenadora do Canal de Atendimento da Royal Canin Brasil Stephanie Souza, que descobriu sua verdadeira paixão na empresa. “A nutrição tem um papel essencial na saúde, longevidade e qualidade de vida do animal. Na minha posição, tenho a oportunidade de compartilhar conhecimento científico em primeira mão com os clínicos e tutores, contribuindo diretamente para um mundo melhor para os pets”, declara.  

Clínica de animais selvagens. Esta área permite que o profissional exerça sua função em zoológicos, parques, no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama, Brasília/DF) e projetos ambientais. “Se a opção for atuar com animais exóticos, aqueles autorizados para criação domiciliar, existe, também, oportunidades de mercado, principalmente para especialistas. Outra área que costuma buscar médicos-veterinários são as de consultoria ambiental, com estudos de fauna, por exemplo”, menciona Gláucia. 

Área laboratorial e inspeção de produtos. Em crescimento e com um déficit no mercado de profissionais renomados no assunto, nesse campo, os profissionais atuam no diagnóstico de doenças a partir de amostras coletadas dos pacientes. Já em inspeção de produtos, a profissão também possibilita ao profissional atuar na área de inspeção de alimentos, como carnes e leite em frigoríficos. 

Carreira acadêmica. É possível, ainda, seguir a carreira acadêmica na profissão. Além de se especializar com um mestrado ou doutorado, há a possibilidade de iniciar a docência em faculdades particulares e públicas. “Mas vale lembrar que, para a formação de um doutor, são necessários, em média, oito anos de muito estudo e dedicação”, finaliza. 

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.