Assine

Perturbação emocional pode causar lambedura excessiva nos felinos

Apenas 38% dos casos suspeitos são confirmados como, de fato, patogênicos

8371499139_7fa9e1be23_o

Leia reportagem completa na edição nº 198 da C&G VF

Comportamentos inapropriados, falha na pelagem e falta de apetite podem ser alguns sintomas de que o gato esteja com alguma perturbação emocional. A lambedura repetitiva é outro sintoma importante, mas como o gato geralmente o faz em reclusão, nem sempre é testemunhada pelos donos. Assim, o conhecimento da doença se faz necessário para entender e auxiliar no diagnóstico.

De acordo com a médica-veterinária e proprietária da PsicoVet (São Paulo/SP), Daniela Ramos, a doença pode ser considerada grave devido ao aumento progressivo do ato repetitivo de lamber-se e, consequentemente, causar lesões.

O atendimento realizado por um médico-veterinário especializado em comportamento tem duração maior do que a de outras consultas, o que pode chegar até duas ou três horas. “Porque o comportamento é determinado por fatores externos e internos, então temos que conhecer bem todos eles para poder propor uma terapia”, conta a especialista.

Para conferir os tipos de terapias e alguns relatos de casos clínicos, leia a reportagem completa na edição de fevereiro da Revista Cães&Gatos VET FOOD. Clique aqui.

Fonte: Redação Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.