Assine

Dieta sem cereais pode estar relacionada a doenças cardíacas em cães

Alimentação natural precisa respeitar necessidades físicas do animal

Comum em cães de grande porte e nos que possuem predisposição genética, a cardiomiopatia, doenças cardiovascular, pode estar relacionada a dieta sem cereais. Esse tipo de alimento tem sido uma tendência no mercado de nutrição, no entanto oferece seus riscos.

Uma investigação foi iniciada pela Food and Drugs Administration (FDA), dos EUA, sobre esse tipo de produto, após uma clínica veterinária de Baltimore realizar uma denúncia à entidade após constatar um alto números de cães de raças como Golden Retriever e Labradores apresentarem a patologia.

racao_cachorro
Em 2017,  segmento já representava 44% do mercado
de alimentação animal nos EUA (Foto: reprodução)

O que chamou a atenção dos funcionários da clínica foi o fator em comum nos animais que apresentaram o quadro, todos estavam sendo alimentados com uma dieta rica em leguminosas, como lentilhas e grão de bico, e batata, que normalmente substituem os cereais.

Esse tipo de alimentação começou a ganhar tração em 2007, segundo o The New York Times. Em 2011, as vendas de rações sem o nutriente já eram responsáveis por 15% das vendas totais de lojas de animais nos EUA, ou seja, cerca de milhões de dólares.

Fonte: Veterinária Atual, adaptado pela equipe Cães&Gatos.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.