Assine

CRMV-SP orienta sobre novos procedimentos para sorologia da raiva

Exames são necessários para trânsito internacional de animais de companhia

Considerando o fato do Laboratório de Zoonoses e Doenças Transmitidas por Vetores, da Divisão de Vigilância de Zoonoses do Município de São Paulo ter deixado de realizar o exame de sorologia para raiva para trânsito internacional de animais de companhia, o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP, São Paulo/SP) buscou esclarecimento junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF) sobre como os profissionais médicos-veterinários devem proceder para enviarem as amostras a laboratórios habilitados no exterior. Esse laboratório era o único do País com credencial válida para realização do exame. 

sorologia
Profissionais podem realizar o envio das amostras
para fora do País (Foto: reprodução)

De acordo com o MAPA, é necessário que as amostras para o exame sorológico sejam remetidas para um dos laboratórios credenciados junto à União Europeia no exterior. O Ministério salienta que é necessário contatar, primeiramente, o Serviço de Saúde Animal do Estado onde o animal se encontra, via e-mail. Para o Estado de São Paulo o e-mail é ssa-sp@agricultura.gov.br. Para outros Estados o e-mail se diferencia apenas na abreviação da unidade federativa. O interessado deve informar para que laboratório credenciado pretende enviar a amostra, com a indicação do País onde se localiza. 

A necessidade de certificação sanitária para o envio das amostras para fora do País depende das exigências do local onde o laboratório se localiza e o envio do material é de responsabilidade do interessado. O profissional deve ficar atento aos prazos, pois, ainda que a amostra seja enviada a um laboratório em território europeu, a quarentena de 90 dias entre a coleta do sangue e a assinatura do Certificado Veterinário Internacional deverá ser cumprida quando o cão ou gato estiver em território brasileiro quando da coleta. 

O CRMV-SP destaca que, em parceria com o MAPA, recentemente desenvolveu o Guia para Emissão de Atestado de Saúde (Cães e Gatos), visando orientar os profissionais sobre as exigências dos países e blocos econômicos com os quais o Brasil tem acordo, acerca de viagens internacionais de animais de companhia. A entidade também está trabalhando e somando esforços para que o Estado de São Paulo volte a contar com um laboratório habilitado a realizar o exame em questão.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

4 comentários
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.
RosaneBruno Vils 7 mêses atrás
O Laboratório TECSA, de Minas Geraisestá fazendo a Sorologia para Raiva. http://www.tecsa.com.br/divisao/animais
Clarice Rodrigues 7 mêses atrás
um absurdo o Brasil não ter um laboratório credenciado para se fazer a sorologia. Sabemos que o custo com a documentação para o transporte de animais doméstico para o exterior, simplesmente dobrou de valor. É um desrespeito com o cidadão brasileiro.
Sílvia Wei Fon 7 mêses atrás
Não é possível que no País inteiro não haverá um órgão competente para que seja realizados estes exames. Já era complicado ter aqui em Sao Paulo. Imagina agora? Quem esta fazendo o processo fora do País esta tendo diversas dificuldades de comunicação entre todas as partes envolvidas. Existe algo que a população possa fazer para que esta prestação de serviço volte ?
Anderson Tosatti 7 mêses atrás
Boa tarde, Existe algo em andamento para que outro laboratório seja credenciado no Brasil? Os valores para enviar a amostra para outro país está absurdamente caro! Meu embarque para a Europa é em agosto.