Assine

Cães estão sujeitos a mais inflamações à medida em que envelhecem

Pesquisa ainda aponta mais danos nas células em animais idosos

Um novo estudo mostra que os sistemas imunológicos dos cães mudam à medida em que envelhecem, o que significa que eles terão uma capacidade reduzida de responder a infecções ou estresse. 

Este é um dos mais aguardados estudos sobre o envelhecimento em cães e oferece uma nova visão sobre como é possível ajudá-los nessa idade. "Agora sabemos que os cães sofrem de inflamação de baixo nível e danos nas células à medida que envelhecem, semelhante aos humanos", diz a cientista Sênior de Pesquisa, no Centro de Nutrição e Bem-Estar Waltham (Inglaterra), e principal autora do estudo, Janet Alexander. 

velho
Investigação observou 80 cães por
mais de 10 anos (Foto: reprodução)

Como ela conta, o estudo identificou múltiplos alvos para intervenção terapêutica, seja para amparar ou atrasar os reflexos do envelhecimento, e que novos conhecimentos podem ajudar a proporcionar um apoio mais eficaz nesta fase da vida. 

A investigação observou 80 cães por mais de 10 anos e mediu uma série de parâmetros para acompanhar o processo de envelhecimento, tendo início quando os cães eram adultos e se encerrando no fim da vida de cada cão. Alguns resultados adicionais incluem aumento de 51% em danos no DNA. “O estudo mostrou um aumento de 51% nos níveis de 8-hidroxdeoxiganosina (80HDG), que é um marcador específico de dano oxidativo ao DNA”, explica Janet. 

Ainda houve aumento de 30% na proteína C-reativa (PCR) e diminuição de 86% nas proteínas de choque térmico (HSP70). “O HSP70 mede a capacidade de responder ao dano celular e este estudo mostra uma diminuição significativa dessa capacidade à medida que os cães envelhecem”, adiciona.

Mais um estudo. Uma recente pesquisa da Mars Petcare (Estados Unidos) analisou como os tutores de cães do mundo todo cuidam de seus animais de estimação idosos, o que resultou em algumas descobertas. Um em cada cinco tutores de cães possui um cão idoso e a maioria dos tutores de cães altera os cuidados à medida que os pets ficam mais velhos (76%), seja mudando os alimentos (58%) ou levando-os para caminhadas mais curtas (54%). 

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

Seja o primeiro a comentar
Seu comentário foi enviado. Aguarde aprovação.
Erro ao enviar o comentário. Por favor, preencha o captcha e tente novamente.